(AMA)zônia

Rubens Matuck escreveu e ilustrou para a Editora Biruta uma coleção chamada Natureza Brasileira, que explora as regiões e vegetações típicas do país, assim como os animais que ali habitam. Um de seus livros chama-se Amazônia, uma região importante e de destaque na geografia brasileira.

Cobrindo quase metade do território brasileiro, esse bioma abrange outros oito países (Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa), atingindo 6,9 milhões de quilômetros quadrados. Com uma importante quantidade de recursos naturais, foi selecionada, em 2008, uma das novas Sete Maravilhas da Natureza.

Sua vital importância a torna disputada por organizações do mundo inteiro em razão de sua preservação, mas também exploração. É a maior das três florestas tropicais do mundo inteiro e possui um clima úmido e quente, responsável por elevados índices de chuva. Suas altas temperaturas são provenientes da proximidade da linha do equador, local do planeta com maior índice de emissão de raios solares. Já suas constantes chuvas são formadas pela grande quantidade de rios e árvores que transpiram com as elevadas temperaturas.

Além de toda sua beleza natural, a Amazônia reserva um grande número de espécies de animais. Segundo o Greenpeace, há mais de 300 espécies de mamíferos, 1300 de pássaros e cerca de 1 milhão de insetos! Já imaginaram?

Com tanta importância e diversidade, a preservação da Amazônia é indiscutível! Além da fauna e da flora, há mais de 33 milhões de pessoas vivendo na região. Dentre essa população, 1,6 milhões são de povos indígenas de mais de 350 etnias diferentes!

O desmatamento excessivo é o mais questionado por governos e por associações que lutam por sua preservação. Com o projeto do governo brasileiro em construir uma usina hidrelétrica (Belo Monte), a Amazônia tornou-se destaque nacional e principal pauta de organizações como o Greenpeace.

florestaamaz

 

Advertisements